Tratamentos da Doença de Alzheimer: Perspectivas e Suas Implicações Bioéticas

Imagem do livro Tratamentos da Doença de Alzheimer: Perspectivas e Suas Implicações Bioéticas
Título: Tratamentos da Doença de Alzheimer: Perspectivas e Suas Implicações Bioéticas
Área do Conhecimento: Ciências da Saúde
ISBN: 978-65-89929-13-0
DOI: 10.53268/BKF21090500
Publicado: 13/09/2021

A Doença de Alzheimer (DA) é um distúrbio neurodegenerativo progressivo associado com um acúmulo de placas da proteína beta amiloide (Aβ) senis extracelulares e o excesso de emaranhados neurofibrilares da proteína Tau dentro das células. Foi descrita inicialmente pelo médico alemão Alois Alzheimer, em 1906 caracterizando como uma patologia neurológica, de etiologia desconhecida e de aparecimento insidioso. O sistema nervoso central é particularmente vulnerável aos danos causados pelos radicais livres por apresentar alto consumo de oxigênio e possuir grande quantidade de ácidos graxos poli-insaturados e nível diminuído de enzimas antioxidantes afetando a memória e aprendizado. De uma maneira geral, o estresse oxidativo no cérebro de pacientes com Doença de Alzheimer está manifestado pelo aumento da oxidação proteica, peroxidação lipídica, oxidação do DNA e RNA e formação de espécies reativas de oxigênio. O desenvolvimento de opções terapêuticas mais eficazes e seguras consiste em um dos objetivos mais avidamente perseguidos no cenário científico internacional. Drogas capazes de modificar a evolução natural da doença, ao lado da antecipação do diagnóstico, representarão o futuro do tratamento da DA e outras demências. Nesse contexto, a compreensão dos mecanismos que levam à morte neuronal na DA será a base para o desenvolvimento de novas drogas. Tendo em vista essas considerações, a Bioética oferece ferramentas para resolver os dilemas que apresentam os avanços científicos dentro dos limites éticos impostos pelo respeito à pessoa humana ao discutir se as perspectivas futuras de tratamentos respeitam os princípios de dignidade humana e de justiça. Foi levando em consideração tais aspectos, que o eixo central deste livro é a Doença de Alzheimer e sua relação com a bioética.

Dúvidas? Fale ConoscoImagem de icone Whatsapp