FATORES ASSOCIADOS DA ATIVIDADE FÍSICA DE MODERADA A VIGOROSA, TEMPO SEDENTÁRIO, TEMPO DE TELA E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL DE CRIANÇAS

Imagem do livro Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente
Título: FATORES ASSOCIADOS DA ATIVIDADE FÍSICA DE MODERADA A VIGOROSA, TEMPO SEDENTÁRIO, TEMPO DE TELA E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL DE CRIANÇAS
DOI: 10.53268/BKF21060101
Com a Terceira Revolução Industrial ou a também chamada Revolução Digital, ocorreu uma mudança significativa no ambiente e no estilo de vida, resultando na diminuição da atividade física, aumento do comportamento sedentário e da oferta de alimento. Diante disso, surge a necessidade de não só estudar os benefícios da atividade física para a saúde e prevenção de doença, como também, a necessidade de investigar os possíveis fatores associados a esses comportamentos. A atividade física de intensidade moderada vigorosa faz parte das recomendações da Organização Mundial da Saúde e entre os principais fatores associados a ela estão: o uso do transporte ativo, as aulas de educação física, a presença ou não de um dispositivo eletrônico no quarto e o tempo gasto ao ar livre e apoio social. O comportamento sedentário e o tempo de tela também estão sendo cada vez mais investigados e associados à outros fatores, como por exemplo, a adiposidade, raça/etnia, tempo de tela da mãe e padrão alimentar. Já o índice de massa corporal, no qual o nível individual pode explicar mais de 90%, também apresenta associações com o nível socioeconômico, Índice de Desenvolvimento Humano, causas genéticas e com o ambiente escolar e local. Os resultados apresentados mostram que para obter sucesso no desenvolvimento de uma sociedade mais ativa é necessário que se tenha esforços de todos os setores, incluindo ações dos pais e familiares, das escolas e professores, do bairro e vizinhança, além é claro, das politicas públicas advindas do governo.
  • EDUARDO ROSSATO DE VICTO
  • GERSON FERRARI
Dúvidas? Fale ConoscoImagem de icone Whatsapp