PREVALÊNCIA DA HIPOMINERALIZAÇÃO MOLAR INCISIVO (HMI) EM CRIANÇAS ATENDIDAS EM CLÍNICA DE FACULDADE

Imagem do livro Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente
Título: PREVALÊNCIA DA HIPOMINERALIZAÇÃO MOLAR INCISIVO (HMI) EM CRIANÇAS ATENDIDAS EM CLÍNICA DE FACULDADE
DOI: 10.53268/BKF21060108
A Hipomineralização Molar Incisivo (HMI) é descrita como as opacidades demarcadas que acometem até os quatro primeiros molares permanentes, podendo os incisivos centrais estarem associados. A prevalência dos estudos utilizados nesta revisão apontaram a variância de 2,8% em Hong Kong a 40,2% na cidade do Rio de Janeiro. A etiologia desta alteração de esmalte ainda é imprecisa, mencionada como multifatorial, sendo os fatores pré-natais, peri-natais e pós-natais frequentemente associados. A pesquisa realizada na Clínica Integrada Infantil da Faculdade Multivix, avaliou o total 302 crianças, com idade entre 5 a 14 anos, destas 66 (21,85%) possuíam HMI. Entre a amostra não houve diferença significativa entre os sexos e sem grande relevância na ligação entre doenças respiratórias e nascimento prematuro, sendo necessário mais estudos para definir a etiologia, e assim conseguir prevenir tal alteração.
  • BIANCA MISCHIATTI BRUM
  • FERNANDA CAMPOS DE SOUZA
  • FLAVIA BRIDI VALENTIM
  • KAREN MARQUES SERRÃO
  • RENATO BARCELLOS RÉDUA
Dúvidas? Fale ConoscoImagem de icone Whatsapp